Menu
X
imagem

Viva as diferenças: NYFW contou com modelos fora dos padrões

Atriz com Síndrome de Down e top com vitiligo passaram por uma das passarelas mais observadas do mundo

A Semana de Moda de Nova York  começou nessa quinta-feira, 12, e já nos mostrou algumas surpresas, trazendo novamente à tona o debate sobre o padrão de beleza, com modelos que representem pessoas comuns, e não apenas top models.

A atriz Jamie Brewer de American Horror Story tem 30 anos e foi convidada pela marca Carrie Hummer para ser a primeira pessoa portadora de Síndrome de Down a desfilar na Semana de Moda de Nova York. Jamie demostrou muita desenvoltura e liberdade na passarela, esbanjando seu carisma.  A iniciativa faz parte da campanha criada pela própria estilista da marca, intitulada “Role Models Not Runway Models” (Tradução livre: modelos reais, não modelos de passarela). Vale lembrar que Carrie já realizou desfiles com uma cadeirante e senhoras idosas usando suas peças, com o intuito de representar as verdadeiras pessoas que compram seus produtos, as tais “pessoas reais”.

Outro belo exemplo de moda inclusiva e quebra de paradigmas são as campanhas da Desigual com a linda Chantelle Brown-Young  (também conhecida como Winnie Harlow) que tem vitiligo. Ela já apareceu em fotos para a marca e nesta quinta-feira, 12, desfilou para a grife na NYFW.

Winnie e Jamie são exemplos de encorajamento e superação.

Fotos: Divulgação e © Agência Fotosite

Desculpa. Sem informações para este contato.
Voltar para Home