Menu
X
imagem

Apex espera US$ 6 bi em negócios com Copa

Mais de 2 mil empresários estrangeiros estão no Brasil

Enquanto a maioria da população dirige suas atenções para a bola em campo, empresários brasileiros estão de olho nos negócios que a Copa do Mundo pode trazer ás suas empresas. Mais do que o resultado do placar, empreendedores querem garantir o gol de placa em outros gramados.

Para isso, durante o campeonato, a Agência Brasileira de Promoção de Exportações e Investimentos (Apex-Brasil) desenvolve ações de interação entre empresários estrangeiros e brasileiros, na expectativa de alcançar cerca de US$ 6 bilhões em negócios. Mais de 2,3 mil compradores, investidores e formadores de opinião de 104 países estão no Brasil, neste período, participando de agendas de negócios organizadas pelo Projeto Copa do Mundo.

Entidades aqui da região como Abicalçados, Assintecal e Abrameq estão integrando o projeto da agência brasileira e já começam a ver os resultados da ação. Segundo o presidente da Apex-Brasil, Mauricio Borges, entre os países com representantes no Projeto Copa estão os maiores parceiros comerciais do Brasil como China, Estados Unidos e Japão, países europeus e da América Latina.

Indústria brasileira em destaque

Confira, abaixo, uma parte da entrevista do presidente da Apex-Brasil, concedida em coletiva no Centro Aberto de Midia no Rio de Janeiro.

De que maneira grandes eventos contribuem para as exportações?

Borges – E um grande chamariz, uma oportunidade de estar com a atenção do mundo, com os holofotes da mídia internacional, com o interesse de vários empresários. Esse é um momento único de trazer esse empresário que talvez não viesse. Trazer para conhecer o potencial que nós temos aqui. O Brasil é o segundo maior mercado mundial de cosméticos, é o maior mercado mundial de vários produtos, como calçados, alimentos… O Brasil é um grande mercado.

NEGÓCIOS

Desenvolvido em parceria com mais de 700 empresas e entidades setoriais, o projeto tem ações previstas em 12 jogos do mundial, em cinco cidades brasileiras: São Paulo, Brasília, Fortaleza, Belo Horizonte e Rio de Janeiro. Além das agendas de negócios, a ApexBrasil oferece um ambiente de hospitality nos estádios, preparado para estimular o diálogo entre empresários brasileiros e estrangeiros, diferentemente do que acontece em reuniões convencionais de negócios.

AGENDA CHEIA

Mais de 800 agendas de negócios foram organizadas pelas empresas e entidades parceiras. Essas agendas ocorrem nos dias anteriores e posteriores aos jogos, e incluem reuniões com compradores, palestras, seminários, visitas a fábricas. Neste ano, os convidados vão se encontrar com representantes dos setores de tecnologia e saúde; casa e construção; alimentos, bebidas e agronegócios; calçados; moda; máquinas e equipamentos; economia criativa; e serviços.

MARKETING

A primeira fase do projeto foi promovida pela ApexBrasil durante a Copa das Confederações, em 2013, e gerou US$ 3 bilhões em negócios fechados entre as empresas brasileiras e os 903 empresários estrangeiros vindos de mais de 70 países. O Projeto Copa faz parte das ações de Marketing de Relacionamento da Apex, que incluem atividades semelhantes no Carnaval e em eventos internacionais como Formula Indy e Grand Prix de Fórmula 1.

Desculpa. Sem informações para este contato.
Voltar para Home