Menu
X
imagem

Abicalçados esteve na Argentina para negociar o desbloqueio das importações

A Associação Brasileira das Indústrias de Calçados (Abicalcados), com o apoio da Embaixada do Brasil em Buenos Aires, esteve em reunião com a Subscretária de Comércio Exterior da Argentina, Paula Español, nesta terça-feira, dia 28. O encontro, do qual participaram os presidentes executivo e do Conselho Deliberativo da entidade calçadista, Heitor Klein e Paulo Schefer, teve como intuito buscar a solução para o bloqueio das importações de calçados brasileiros.

Os dirigentes da Abicalçados manifestaram sua contrariedade diante da demora na liberação dos documentos exigidos – DJAIs – e que vem causando sérios prejuízos aos exportadores e seus clientes locais, especialmente pela falta de previsibilidade que contamina o ambiente de negócios entre os dois países. Segundo Klein, atualmente são 730 mil pares retidos, o que significa um prejuízo imediato de US$ 14 milhões. “Boa parte dos produtos refere-se à temporada de verão e para os quais, portanto, é necessário um rápido encaminhamento”, ressalta o executivo, acrescentando que, neste ponto, infelizmente não se logrou nenhum avanço. “De todas as formas, a Subsecretária evitou comprometer-se na imediata liberação das pendências”, lamenta Klein.

Os calçadistas brasileiros propuseram o estabelecimento de um canal permanente de conversações que permita contornar as dificuldades presentes e dar a necessária previsibilidade aos exportadores e seus clientes, sugestão que foi acolhida pela representante da Casa Rosada.

Ainda conforme os dirigentes da Abicalçados, a Embaixada do Brasil em Buenos Aires manterá constante contato com a Secretaria de Comércio da Argentina para os desdobramentos do proposto no encontro.

Desculpa. Sem informações para este contato.
Voltar para Home